terça-feira, 19 de julho de 2016

Teatro Infantil "Uma Velha Amiga" dia 7 de Agosto às 11h00 no Zoo

O Grupo de Teatro Muzumbos convida todas as crianças e as suas famílias a assistir à bonita história da Avó Celeste."Uma Velha Amiga" estará em cena no dia 7 de Agosto às 11h00 no Auditório do Jardim Zoológico, em Lisboa.

Nesta altura de grande calor, onde a proliferação de incêndios se torna num flagelo, é importante falar às crianças sobre a importância que as árvores e as florestas têm nas nossas vidas e o que podemos fazer para protegê-las.
Este espectáculo é uma parceria com as escritoras Susana Leal e Tatiana Coelho, participantes activas neste conto dramatizado, que é baseado no seu livro infantil "Uma Velha Amiga"
E quem será  esta Velha Amiga de quem a Avó Celeste tanto fala? Venham todos assistir a esta ternurenta história para ficar a saber!

O Auditório do Jardim Zoológico está situado na área gratuita do Zoo, sendo livre o seu acesso.

Para reservar o seu lugar e obter mais informações, entre em contacto connosco:
Telefone: 92 689 11 90  //  91 680 26 32
E-mail:   info.muzumbos@gmail.com

Na compra de um bilhete para a peça de teatro irá receber um voucher de 15% de desconto válido na entrada do Jardim Zoológico.




Sinopse
Sara cresceu, mas nunca esqueceu os dias da sua infância na companhia da Avó Celeste, que vivia numa pequenina casa, mesmo ao lado de um enorme Castanheiro. Eram tantas as recordações cheias de vida e de memórias por contar!
Mas apesar da magia adormecer quando se chega à idade adulta, ela volta novamente a ganhar vida com as histórias contadas pela Avó Celeste, que encerram uma lição de vida para não mais esquecer!
Uma encantadora sensibilização para a vida das Árvores, onde as crianças são convidadas a (re)descobrir a sua relação com a Natureza.

Entrada
5,50 Euros

Idades
M/2

Ficha Técnica
Produção, Cenografia, Figurinos, Imagem, Luz e Som: Muzumbos
Encenação: Criação colectiva
Interpretação: Susana Leal, Tatiana Coelho, Mafalda Abreu e Carlos Miranda


Muzumbos
2016

Sem comentários:

Enviar um comentário